Brasil – A lesão no joelho direito no Mundial de Ginástica de Stuttgart deixou Jade Barbosa mais distante da Olimpíada de Tóquio. Depois de não conseguir ajudar o Brasil a classificar uma equipe para os Jogos no sábado, a ginasta passou por exame de ressonância magnética, que apontou uma ruptura no ligamento cruzado anterior. Nesta terça-feira, a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) informou que Jade vai passar por uma cirurgia de reconstrução do ligamento quando retornar ao Brasil.

– Após a avaliação da equipe médica, a atleta realizou ressonância magnética que evidenciou ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito. Jade encontra-se em tratamento com a equipe multidisciplinar COB/CBG em Stuttgart e será submetida a tratamento cirúrgico no Rio de Janeiro, após a sua volta – afirmou em nota Rodrigo Sasson, médico do Comitê Olímpico do Brasil e da CBG.

Jade e a delegação brasileira voltam ao Brasil na semana que vem, mas a cirurgia ainda não tem data marcada. O tempo de recuperação é de seis a oito meses. Assim, Jade vai ter pouco tempo de preparação para sua última chance de classificação olímpica, no Campeonato Pan-Americano da modalidade, em maio, nos Estados Unidos. A ginasta passou por uma cirurgia em 2014, só que no joelho esquerdo.

Fonte: Globo Esporte