Manaus – Os mais de 44 mil torcedores que lotaram à Arena da Amazônia na decisão do Campeonato Brasileiro Série D, neste domingo, 18/8, entre Manaus FC e Brusque, de Santa Catarina, contaram com a operação “Show de Bola”, que levou para dentro e fora do estádio a estrutura de grandes eventos da Prefeitura de Manaus. O prefeito Arthur Neto foi um dos milhares de torcedores do time amazonense nas arquibancadas e celebrou a excelente campanha da equipe.

Para Arthur, que estava acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, foi um momento bonito de se ver, não só pela atuação do time, que lutou durante toda a competição e ficou com o vice-campeonato, mas pela confraternização e apoio da torcida, resultado de um novo momento que vive o futebol local.

Com a ida do Gavião do Norte para a série C, que inicia em abril de 2020, o prefeito acredita que o cenário para o futebol amazonense venha se consolidar mais ainda.

“É um time novo, de apenas seis anos de idade, mas que conseguiu chamar a atenção dos outros times e principalmente resgatar a redenção do futebol amazonense lembrando seus tempos áureos. Essa trajetória vitoriosa está só no começo”, disse o prefeito.

Após o jogo, ainda com os jogadores do Manaus tristes pela derrota, o prefeito fez questão de ir cumprimentá-los no vestiário, e lembrar que mudaram a cara do futebol em Manaus e devem se preparar ao máximo para a Série C, pois são todos atletas vencedores.

“Vocês lutaram com times duros. Eram 68 times nessa competição e vocês ficaram em segundo. Não devem ser abalados pelo fato de no Brasil não se comemorar vice-campeonto. Não se esqueçam que agora é Série C e que vocês trouxeram 45 mil pessoas ao estádio e levaram cerca de mil pessoas a Ponta Negra. Vocês são verdadeiros campeões”, disse o prefeito se referindo ao “Fan Fest” montado no anfiteatro da Ponta Negra para transmissão do jogo.

Os torcedores saíram com o mesmo sentimento de que o Manaus FC teve um grande sucesso na competição. O ex-jogador de futebol profissional, Vanildo dos Santos, que defendeu os times do Rio Negro e Sul América, hoje trabalha como caça talentos no futebol, veio de Itacoatiara para ver o jogo.

“Temos que aplaudir o Manaus, porque estão levando o nome da nossa cidade e quem ganha com isso é o futebol e os talentos da região Norte. Ele precisam ser valorizados” , disse o o ex-jogador, conhecido no mundo do futebol como Thor.

Serviços

Para garantir uma partida tranquila, a Prefeitura de Manaus atuou antes, durante e após a partida na Arena da Amazônia com equipes de limpeza, agentes de trânsito e uma operação especial de transporte.

Antes da bola rolar em campo, os torcedores que chegavam no local, em veículos próprios, recebiam orientação dos agentes de trânsito do Instituto de Mobilidade Urbana  (IMMU), que atuaram nas adjacências do estádio. Assim como equipes da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), que disponibilizou 30 sacos ecológicos para o descarte de resíduos

“A prefeitura está sempre presente em grandes eventos, como a final da Série D, com os nossos garis, realizando o trabalho de limpeza e orientando a população para realizar os descartes na lixeira. Tanto na Arena, como na Ponta Negra, temos um total de 100 pessoas trabalhando, bem como 30 sacolas ecológicas para que a população utilize”, explicou o subsecretário da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana, José Rebouças.

A operação “Show de Bola” envolveu, aproximadamente, 300 servidores, entre fiscais de transporte, agentes de trânsito e técnicos do IMMU, da Semulsp e Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc). Ao todo, 280 ônibus estiveram disponíveis para os torcedores e dos 65 de reforço, 35 foram cedidos para as 17 linhas que atendem o local e mais 30 veículos foram inseridos na frota de apoio

O diretor-presidente do IMMU, Manoel Paiva, destacou a atuação das equipes de trânsito e transporte durante o jogo. “A equipe está desde a manhã deste domingo atuando, excepcionalmente, para agilizar o translado das pessoas que vieram prestigiar o final do campeonato, conforme a orientação do nosso prefeito Arthur Virgílio Neto”, disse.

‘Fan Fest’

As centenas de pessoas que estiveram na Ponta Negra desfrutaram da ‘Fan Fest’ que a Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), montou especialmente para atrair os torcedores para assistir à partida.

“Como o Festival Folclórico do Amazonas é um evento que marca a identidade de Manaus, o time de futebol Manaus FC também é a nossa marca. Então, nada mais justo que juntar as duas tradições e trazer a população para torcer aqui”, disse Márcio Braz, diretor de Cultura da Manauscult.

A partida foi transmitida em um telão de LED instalado no anfiteatro. A estrutura foi elogiada pelos torcedores que não conseguiram ir ao estádio, mas torceram à distância. “A estrutura está muito boa e as pessoas estão chegando para prestigiar o nosso futebol. Achei uma ótima ideia colocar esse telão para quem está passeando na Ponta Negra”, disse o motorista Richalme Sampaio

Após a disputa de pênaltis vencida pela equipe catarinense, uma banda de música aninou os torcedores e fez o “aquecimento” para o Festival Folclórico do Amazonas, que iniciou mais uma noite de apresentações às 19h.